Governo de Moçambique procura investidores para Matibane, ilhas Crusse e Jamali

10 April 2011

Maputo, Mocambique, 11 Abr – O Ministerio Turismo de Moçambique lançou um concurso público internacional para a construção e exploração de uma estância de turismo integrado em Matibane, ilhas Crusse e Jamali, no distrito de Mossuril, na província de Nampula.
O projecto de turismo integrado de Matibane, encontra-se localizado a 45 quilómetros da base aérea de Nacala, uma infra-estrutura cujas obras para a sua transformação em aeroporto civil iniciam–se este mês num investimento de 111 milhões de dólares.
O futuro aeroporto de Nacala encontra-se a seis horas de vários destinos europeus terá  capacidade de movimentar 500 a 600 mil passageiros por ano e receber  aviões Boeing 757 e 767.
As duas ilhas estão situadas em águas cristalinas e rodeadas por extensos recifes de corais, possuem florestas indígenas e outros tipos de vegetação, que proporcionam condições para o mergulho e pesca desportiva.
As Ilhas Crusse e Jamali, parte integrante das Zonas de Interesse Turistico (ZIT), localizam-se em Matibane, Distrito de Mossuril, Província de Nampula.
A área total, incluindo a área continental (Matibane), tem cerca de 1,800 hectares e está situada a 40km do Norte da Ilha de Moçambique e a 150km da Cidade de Nampula onde existe um aeroporto internacional.
A Mozaico do Indigo, representante do Inatur (Instituto Nacional do Turismo) neste concurso,  disse à agência macauhub que o governo pretende encontrar um investidor que pretenda instalar e explorar um projecto de estância de turismo integrado em Matibane e nas ilhas Crusse e Jamali com um valor não inferior a 150 milhões de dólares.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH