Moçambique inicia estudos para transporte de energia eléctrica entre Tete e Maputo

12 April 2011

Maputo, Moçambique, 13 Abr – A Electricidade de Moçambique (EDM) iniciou estudos sobre o impacto ambiental e social do projecto de construção da linha de transporte de energia eléctrica do centro de produção em Tete para Maputo.
A Electricidade de Moçambique considera esta linha como a espinha dorsal de electrificação de Moçambique imprescindível para o escoamento da energia a ser produzida em várias frentes no Vale do Zambeze, com destaque para a central norte da Hidroeléctrica de Cahora Bassa, Mpanda Nkuwa e Central termoeléctrica de Benga entre outras.
A construção da linha Tete/Maputo, com uma extensão de 1400 quilómetros e cujo projecto denomina-se CESUL, está orçada em cerca de 1,7 mil milhões de dólares norte-americanos deverá ser suportada pela EDM em parceria com a Redes Energéticas Nacionais (REN) de Portugal, escreve hoje o Notícias.
Os presidentes dos Conselhos de Administração da EDM e da REN, respectivamente Manuel Cuambe e Rui Cartaxo, rubricaram o ano passado um protocolo de intenções para a celebração de um acordo de parceria com o objectivo de viabilizar os potenciais projectos de produção de energia eléctrica previstos no CESUL.
No âmbito dos primeiros trabalhos de auscultação serão feitas reuniões em Matambo, na província de Tete, Gorongosa e Muchungue, em Sofala, Sussundenga, em Manica, Massinga, em Inhambane, Chibuto, em Gaza, Boane, em Maputo, e na capital moçambicana. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH