Investimento em Angola poderá ser inferior a 1 milhão de dólares

20 April 2011

Luanda, Angola, 21 Abr – O investimento em Angola, quer nacional quer estrangeiro, poderá ser inferior a 1 milhão de dólares não obstante aquele valor constar da Lei do Investimento Privado terça-feira aprovada pelo parlamento angolano, afirmou em Luanda o ministro das Finanças.

Ao responder a questões colocadas pelos deputados, Carlos Lopes disse que o valor inscrito na Lei serve apenas para estabelecer um limite mínimo abaixo do qual os investidores não têm direito a usufruir dos benefícios contidos na Lei, casos da possibilidade de repatriamento dos capitais e de acesso a alguns incentivos fiscais.

O ministro disse ainda que o diploma impõe um regime qualificado de investimento, e não acaba com o investimento em geral, “simplesmente exclui um investimento inferior a este valor do seu sistema especializado”.

Sustentou que Angola precisa de investimento qualificado, de captar poupança internacional para desenvolver “grandes projectos” que trazem aumento, em massa, de postos de trabalho.

Carlos Lopes disse também que a Lei de Bases de Investimento Privado é parte integrante de um sistema de fortalecimento da economia, a que se juntam as leis de Fomento do Empresariado Nacional, de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e outros diplomas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH