Óleo de jatrofa produzido no Chimoio vai ser transformado em biodiesel em fábrica a construir no porto da Beira, Moçambique

20 April 2011

Maputo, Moçambique, 21 Abr – A jatrofa que está a ser produzida em grande quantidade no Chimoio será processada e transformada em biodiesel numa fábrica a ser construída na cidade da Beira, província de Sofala, de acordo com o diário Notícias, de Maputo.

O jornal diz que a fábrica, a segunda deste ramo em Moçambique, pertence à companhia moçambicana de petróleo Petromoc.

Para além da jatrofa de Chimoio que está a ser produzida pela empresa SunBiofuels, a fábrica de biocombustíveis a ser instalada no recinto portuário da Beira vai contar com produto proveniente de outras regiões das províncias de Sofala e Manica, revelou Sérgio Gouveia, director da SunBiofuels em Moçambique.

Neste momento, de acordo com a fonte, a província de Manica já está a produzir 6,3 milhões de litros de óleo de jatrofa  por ano, o qual deverá ser transformado em biodiesel na fábrica que a Petromoc prevê estabelecer na cidade da Beira. Ainda não há datas para esta unidade industrial, mas a fonte assegurou que o processo encontra-se em fase bastante avançada.

Sérgio Gouveia informou igualmente que neste momento a SunBiofuels possui uma plantação de perto de quatro mil hectares de jatrofa, tendo sido colhidas durante a presente safra 18 mil toneladas de semente.

A empresa possui presentemente um total de cinco mil hectares de terra concessionada, nos arredores da cidade de Chimoio, estando em perspectiva o aumento da área para onze mil hectares, espaço no qual se prevê uma produção anual de 66 mil toneladas de semente, o que poderá traduzir-se na extracção de 23 milhões de litros de óleo de jatrofa por ano. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH