Angola detém 87 mil km2 do projecto turístico Okavango/Zambeze

26 April 2011

Luanda, Angola, 27 Abr – O projecto turístico Okavango/Zambeze, que integra cinco países da África Austral, tem uma área de 278 mil quilómetros quadrados, detendo Angola a segunda maior parcela com 87 mil quilómetros quadrados, afirmou terça-feira em Luanda a coordenadora executiva do projecto, a angolana Amélia Cazalma.

Citada pela agência noticiosa angolana Angop, Amélia Cazalma adiantou a maior parcela, de 97 mil quilómetros quadrados, foi disponbilizada pela Zâmbia, pertencendo os restantes 98 mil quilómetros quadrados ao Zimbabwe, Botsuana e à Namíbia, possuindo, este último, a menor parcela de entre os Estados que aderiram ao projecto.

De acordo com a também directora do Gabinete de Intercâmbio do Ministério da Hotelaria e Turismo, o projecto facilitará a integração e a protecção das comunidades, o desenvolvimento sócio-económico e a protecção da biodiversidade dos países membros e, em particular, o crescimento da província do Cuando Cubango.

A responsável, que falava à margem de uma reunião da Comissão Interministerial de Acompanhamento ao Projecto Okavango/Zambeze a nível de Angola, referiu que o projecto não tem tempo limite para a sua execução, estando, contudo, a assinatura do seu tratado marcado para Agosto do corrente ano.

O projecto Okavango/Zambeze é um dos maiores e mais ambiciosos projectos turísticos do mundo, com múltiplos objectivos, que têm a ver com a partilha de benefícios provenientes dos recursos da biodiversidade, através das melhores práticas de gestão, da conservação, do turismo e de oportunidades alargadas de meios de subsistência para as populações das áreas circunscritas ao projecto. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH