Angola vai recuperar grandes barragens para resolver défice energético

27 April 2011

Malange, Angola, 28 Abr – A ministra da Energia e Águas, Emanuela Vieira Lopes, disse na segunda-feira, em Capanda (Malange) que o défice no sector da energia eléctrica em Angola vai ser ultrapassado com a recuperação de grandes barragens, informou o Jornal de Angola.

“Estamos a recuperá-las para minimizar o actual quadro de défice energético, que deve melhorar com as barragens de Lahuca, cuja potência instalada é de dois mil megawatts e de Caculo Cabassa”, disse a ministra, avançando que as duas, em conjunto, vão fornecer energia para as regiões norte, centro e sul do país.

À margem do acto de encerramento do curso de técnicos para exploração da barragem hidroeléctrica do Gove, a ministra disse que o sector energético do país conta com o mecanismo de interligações do sistema, com o qual se pretende uma melhoria substancial na distribuição da energia.

A grande preocupação do governo, disse a ministra, é ultrapassar o actual quadro de défice energético no país e, para tal, está a ser recuperada a barragem das Mabubas, numa altura em que está também em curso a construção das respectivas linhas de transporte.

A barragem de Lomaum também está a ser reconstruída em simultâneo com a respectiva linha de transporte, embora a um ritmo menos acelerado.

Outra barragem que passa também por um processo de reconstrução é a da Matala e a barragem de Cambambe, infra-estrutura que reputou de importante, tem o processo de reconstrução a decorrer em bom ritmo.

Além da construção dos aproveitamentos hidroeléctricos, está em curso a construção de uma central térmica no Zaire, que deverá ter uma potência instalada de 400 megawatts. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH