Empresa chinesa CAMCE apoia produção de arroz em Angola

27 April 2011

Menongue, Angola, 28 Abr – Um projecto de produção de arroz na comuna de Longa, município do Cuito Cuanavale, foi quarta-feira apresentado em Menongue, província do Cuando Cubango, por uma responsável da empresa China CAMC Engineering Co. (CAMCE), informou a agência noticiosa angolana Angop.

Aprovado pelo governo de Angola, o projecto, que se denomina Fazenda Agro-Industrial do Longa, foi assinado em 2010 entre a CAMCE e o Ministério da Agricultura, Desenvolvimento Rural, Pescas e Ambiente de Angola, estando o financiamento garantido por uma linha de crédito concedida pelo Banco de Desenvolvimento da China.

A gerente da empresa chinesa, que entrou no mercado angolano em 2004 com a recomendação do governo da China, revelou que o contrato está avaliado em 76 milhões de dólares.

A fase experimental do projecto, em que se procederá à avaliação da capacidade do terreno para a produção de arroz, numa área de mil e quinhentos hectares irrigados em duas colheitas anuais, será executada entre os meses de Setembro e Outubro próximos.

Ao efectuar a apresentação, a responsável da CAMCE informou que o projecto de produção e processamento do arroz prevê a produção, dentro de 60 meses, de quinze mil toneladas de arroz, com a utilização da água do rio Longa.

O projecto contempla ainda apoios para os agricultores do Longa, como a construção de um centro de formação, fornecimento de serviços de mecanização agrícola, bem como a estruturação e funcionamento de uma rede de abastecimento de meios de produção aos agricultores ou camponeses locais.

A China CAMC Engineering Co., Ltd. (CAMCE) é uma empresa registada no Ministério do Comércio da China, tendo sido admitida à cotação na Bolsa de Valores de Shenzhen, zona económica especial adjacente a Hong Kong, em Junho de 2006. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH