Director de empresa metalúrgica defende introdução de medidas de protecção à indústria de Angola

3 May 2011

Luanda, Angola, 4 Mai – O director da Metalúrgica de Viana, Manuel Magalhães, propôs terça-feira, em Luanda, a criação de um órgão interlocutor da indústria nacional que defenda a produção interna contra as importações neste sector.

Em declarações à agência noticiosa angolana Angop, a propósito da Pauta Aduaneira versão 2012, cujo processo de actualização está em curso, Magalhães disse que as acções do órgão interlocutor seriam orientadas com base nos interesses estratégicos do país, voltados para o desenvolvimento de um produção nacional competitiva.

Referiu que a acção do órgão interlocutor deve ser imediata, fundamentalmente nas importações que justifiquem medidas de defesa comercial e nos casos em que a indústria nacional seja prejudicada por conta de importações por “dumping”.

A Pauta Aduaneira versão 2012, actualmente aberta a propostas de alteração dos agentes económicos, deverá ser aprovada pela Assembleia Nacional, ainda no decurso este ano (2011). (macahub)

MACAUHUB FRENCH