Governo de Cabo Verde está a preparar projectos para o II Compacto do Millennium Challenge Account

3 May 2011

Praia, Cabo Verde, 4 Mai – A ministra da Finanças e Planeamento de Cabo Verde, Cristina Duarte, anunciou, segunda-feira, o início da fase de realização de estudos técnicos e análises de rentabilidade dos projectos a serem apresentados ao Millennium Challenge Corporation (MCC) a fim de conseguir o II compacto do Millennium Challenge Account (MCA).

A governante, que falava na cerimónia de homenagem ao director cessante do MCC em Cabo Verde, Stahis Panagides, adiantou que, neste momento, as componentes já estão identificadas e que resta apenas fazer análises em termos de rentabilidade económica, social e financeira dos projectos.

Citada pela agência noticiosa cabo-verdiana Inforpress, a ministra recordou que, para serem seleccionados no âmbito dos compactos, os projectos têm de obedecer ao critério de rentabilidade, sem o que não sequer apreciados.

Cabo Verde foi considerado, no início de Janeiro, como sendo um país elegível para o II compacto do MCA e governo está confiante que irá consegui-lo, tendo em conta o sucesso do I compacto, cuja execução terminou em finais do ano passado.

Água e saneamento, o cadastro com vista a aumentar o nível de segurança jurídica nas transacções patrimoniais, o sector privado e o ensino superior especializado virado para os quatro agrupamentos (mar, céu, sociedade do conhecimento e sector financeiro) são as áreas já identificadas.

O arquipélago tem até Setembro de 2011 para entregar toda documentação à direcção do MCC, devendo os resultados ser conhecidos no final do ano. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH