Governo de Moçambique aprovou novo programa de redução da pobreza

3 May 2011

Maputo, Moçambique, 4 Mai – O governo de Moçambique aprovou o Programa de Acção e Redução da Pobreza (PARP) 2011-2014 que visa o aumento da produção agrícola e pesqueira, a promoção do emprego decente e o desenvolvimento humano e social, disse terça-feira em Maputo Alberto Nkutumula, porta-voz do governo.

Nkutumula, igualmente vice-ministro da Justiça, adiantou que os objectivos do PARP são apoiados por dois pilares, designadamente um ambiente macroeconómico estável e competitivo, aliado a uma gestão de finanças públicas eficiente e eficaz e a uma governação transparente, íntegra e justa.

O Conselho de Ministros aprovou também o Plano Estratégico para o Desenvolvimento do Sector Agrário e Pesqueiro (PEDSA) 2011-2014, instrumento que tem por objectivo contribuir para o aumento da produção agrícola, a segurança alimentar e o rendimento dos produtores agrários de maneira competitiva e sustentável, garantindo a equidade social e do género.

Apresentado pelo vice-ministro da Agricultura, António Libaué o plano aprovado pretende ainda conseguir um crescimento anual da produção agrária e pesqueira de sete por cento ao ano e dispõe de mais de 2,4 milhões de dólares a serem financiados anualmente pelo Orçamento Geral do Estado e por parceiros internos e externos que actuam neste sector.

“Este programa assenta em quatro pilares fundamentais, nomeadamente produção e produtividade agrícola, acesso aos mercados, sustentabilidade do uso dos recursos naturais e fortalecimento das instituições públicas e privadas de investigação”, disse António Libaué, de acordo com o diário Notícias, de Maputo. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH