Exportações moçambicanas para os Estados Unidos da América atingiram 40 milhões de dólares em 2009

19 May 2011

Maputo, Moçambique, 20 Mai – As exportações moçambicanas para o mercado dos Estados Unidos da América atingiram quase 40 milhões de dólares em 2009, substancialmente mais do os 7 milhões de dólares registados em 2001, informou o diário estatal Notícias, de Maputo.

A evolução registada ficou a dever-se, em grande medida, ao impacto do programa “African Growth and Opportunity Act” (AGOA), uma iniciativa do governo federal norte-americano ao abrigo da qual os países africanos podem exportar para o mercado dos EUA sem quaisquer taxas.

Um encontro de balanço dos primeiros 10 anos do AGOA e do seu impacto na economia moçambicana, realizado em Maputo, numa iniciativa do Centro dos Estudos Moçambicanos e Internacionais, em parceria com a Embaixada dos Estados Unidos da América e com a Agência Americana para o Desenvolvimento Internacional (USAID, na sigla em inglês), foi revelado que a receita resultou da exportação de minerais e metais, com 32,5 milhões de dólares, bens agrícolas, com 5,5 milhões de dólares, 150 mil dólares em produtos florestais e 145 mil dólares em bens electrónicos.

Na ocasião, o vice-ministro da Indústria e Comércio, Keneth Marizane, disse que o governo está a desenvolver esforços no sentido de melhorar a qualidade dos produtos moçambicanos, citando como exemplo, a recente certificação do ananás de Muxúnguè, que passou a ter portas abertas no mercado europeu, bem como de conseguir a diversificação dos produtos colocados no mercado internacional.

Refira-se que desde a criação do AGOA, em 2000, as exportações de 40 países beneficiários atingiram 86 mil milhões de dólares, contra 21,5 mil milhões antes da sua entrada em vigor, para além da criação de pelo menos 300 mil empregos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH