Banco Mundial aprovou mais fundos para a produção de energia na Guiné-Bissau

23 May 2011

Washington, Estados Unidos da América, 24 Mai – O Banco Mundial aprovou na semana passada uma ajuda no montante de 2,2 milhões de dólares para apoiar os sectores de abastecimento de água e de energia eléctrica na Guiné-Bissau, informou a organização em comunicado divulgado em Washington.

De acordo com o comunicado, esta ajuda adicional visa complementar a ajuda no valor de 12,7 milhões de dólares aprovada em Julho de 2010 para o Projecto de Recuperação de Emergência de Electricidade e Água e irá permitir a aquisição de um gerador com 5 megawatts de potência.

“Este financiamento adicional é importante porque permitirá duplicar o abastecimento de energia eléctrica à cidade de Bissau, melhorando assim o abastecimento de água potável e o ambiente de negócios”, afirmou Moez Cherif, economista sénior e líder deste projecto do Banco Mundial.

A Guiné-Bissau tem um défice estrutural na produção e distribuição de energia eléctrica sendo que na capital a capacidade de produção não ultrapassa 4 megawatts para uma procura estimada em cerca de 30 megawatts.

Devido à escassez de energia eléctrica fornecida pelo sistema público, existe actualmente uma capacidade privada de produção estimada em 20 megawatts em grandes consumidores tais como embaixadas, organizações internacionais, hotéis e outras instituições além de um milhar de pequenos geradores utilizados no sector residencial. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH