Brasil vai perdoar 95% da dívida da Guiné-Bissau

23 May 2011

Luanda, Angola, 24 Mai – O Brasil vai perdoar 95% da dívida bilateral da Guiné-Bissau, disse em Luanda o ministro guineense das Finanças, José Mário Vaz, em declarações à agência noticiosa angolana Angop.

À margem da II reunião dos ministros das Finanças da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), realizado a 20 de Maio, em Luanda (Angola), o ministro guineense disse ainda que o Brasil já confirmou o perdão parcial e acrescentou decorrerem actualmente os procedimentos formais,

José Mário Vaz escusou-se a revelar o montante em dívida mas mostrou-se satisfeito com a decisão do governo brasileiro.

A nível da CPLP, a Guiné-Bissau já se beneficiou também de um perdão da sua dívida para com Angola avaliada em 39 milhões de dólares.

O governo da Guiné-Bissau solicitou a Angola financiamento para vários projectos, dos quais se destacam a drenagem e a sinalização do porto de Bissau, a modernização das estações de rádio e de televisão bem como a reparação das ruas da capital Bissau.

A economia da Guiné-Bissau depende, em 98%, do comércio de castanha de caju. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH