Empresa chinesa CAMCE vai construir em Moçambique fábricas de processamento de arroz, milho e algodão

23 May 2011

Maputo, Moçambique, 24 Mai – A empresa China CAMC Engineering Co., Ltd. (CAMCE) vai construir três fábricas em Moçambique, sendo uma de descasque de arroz, uma segunda para o processamento de milho e uma terceira para algodão, disse segunda-feira em Maputo o administrador delegado da Sociedade de Gestão Integrada de Recursos (Sogir).

Felizardo Arouca, administrador delegado da Sogir, empresa estatal fundada e controlada em 90% pelo Gabinete do Plano do Zambeze, afirmou à macauhub em Maputo que as três fábricas, a serem construídas em Namacurra (província da Zambézia), Ulóngue (Tete) e Guro (Manica), representam um investimento de 32 milhões de dólares.

Arouca disse ainda à macauhub que aquele montante foi disponibilizado pelo governo da China a Moçambique sob a forma de um empréstimo.

O administrador delegado da Sogir adiantou que a fábrica de descasque de arroz terá uma capacidade de processamento diária de 150 toneladas enquanto que as de milho e de descaroçamento de algodão podem processar, por dia, 100 toneladas.

Prevê-se que os ensaios da fábrica de descasque de arroz ocorram em Outubro ou Novembro próximos na perspectiva de que a mesma comece definitivamente a laborar no ano que vem.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH