Grupos brasileiro Vale e australiano Riversdale Mining já investiram em Moçambique mais de 2 100 milhões de dólares

2 June 2011

Maputo, Moçambique, 3 Jun – Os dois principais grupos envolvidos na extracção de carvão mineral em Moçambique, o brasileiro Vale e o australiano Riversdale Mining, já investiram no país mais de 2 100 milhões de dólares, de acordo com a imprensa moçambicana.

Esta semana, um responsável da Riversdale Moçambique, subsidiária do grupo australiano, revelou ao O País Económico terem sido já investidos no projecto de Benga 450 milhões de dólares, a que há que adicionar o montante de 1,7 mil milhões de dólares anunciado em Maio passado pelo grupo brasileiro.

Mas estes montantes vão ser ainda mais elevados, dado que a Riversdale já anunciou que vai investir mais 350 milhões de dólares até ao final da primeira fase do projecto, num total de 800 milhões de dólares, e a Vale informou que vai aplicar em Moçambique mais 4 mil milhões de dólares em diversos projectos.

Recentemente, a Riversdale Moçambique anunciou ir começar a receber locomotivas e vagões para transportar, através da linha de caminho-de-ferro do Sena, o carvão extraído em Benga até ao porto da Beira. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH