Timor-Leste vai diversificar aplicações do dinheiro existente no Fundo Petrolífero

14 June 2011

Díli, Timor-Leste, 15 Jun – O governo de Timor-Leste vai retirar parte do dinheiro do Fundo Petrolífero aplicado em títulos de dívida dos Estados Unidos da América e diversificar a sua aplicação a fim de minimizar o risco, de acordo com a Rádio Austrália.

Com um valor de 5 376 milhões de dólares em Dezembro de 2010, o dinheiro do Fundo Petrolífero encontra-se até à data aplicado em títulos da dívida pública dos Estados Unidos da América (90%) encontrando-se os restantes 10% aplicados em outros activos.

Mas nos termos da revisão da Lei do Fundo Petrolífero, recentemente aprovada pelo governo do país, 50% da verba disponível naquele fundo tem de passar a ser aplicado num conjunto diversificado de activos, moedas e países.

O secretário de Estado do Conselho de Ministros, Ágio Pereira, disse segunda-feira que a proposta de revisão da Lei será submetida ao parlamento nacional para “obtenção de consenso” e acrescentou que a revisão permite uma maior diversificação da carteira de investimentos, o que minimiza os riscos e maximiza as receitas a longo prazo.

De acordo com Ágio Pereira, que é também porta-voz do governo, “desde 2007 que a gestão do fundo tem produzido bons resultados, com 10% do mandato relativo ao mercado global de acções investido actualmente em mais de 700 empresas espalhadas por 23 países”. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH