Itália financia construção de barragem na província de Manica, Moçambique

15 June 2011

Maputo, Moçambique, 16 Jun – Um novo aproveitamento hidroeléctrico que irá servir também para irrigação e reforço do abastecimento de água às cidades da Beira e Dondo, na província de Sofala, vai ser construído, ainda este ano, no rio Pungué, no distrito de Barué, província de Manica, informou o jornal Notícias, de Maputo.

Orçada em 39 milhões de euros, a construção da barragem está integrada num pacote financeiro de 60 milhões de euros disponibilizado pela Itália, no âmbito do programa de saneamento ambiental, que inclui, além da barragem, obras de drenagem na cidade do Maputo.

Uma fonte ligada à gestão do projecto disse que a barragem, com 30 metros de altura, vai criar uma albufeira com capacidade de retenção de 190 milhões de metros cúbicos de água, que vai servir, para além de irrigação de 3 500 hectares nas regiões de Inhazónia (Manica) e Mafambisse (Sofala), como fonte de produção de 1 megawatt de energia eléctrica que poderá atender o próprio empreendimento e as comunidades circunvizinhas.

Em termos espaciais, prevê-se que a albufeira inunde e se expanda por uma área de 10 mil hectares. O projecto terá a duração de aproximadamente quatro anos, prevendo-se a sua conclusão em finais de 2015.

Os recursos hídricos que serão acumulados na albufeira de Nhancangale, de acordo com o director do projecto, engenheiro Francisco Massangai, servirão também como reserva para atender, em tempo seco, a estação de captação de Pungué integrada no sistema de abastecimento de água às cidades da Beira e Dondo, na província de Sofala. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH