FPSO PazFlor deverá iniciar produção em Angola em Novembro

21 June 2011

Luanda, Angola, 22 Jun – A unidade de processamento e armazenamento de petróleo e gás natural (FPSO) PazFlor do grupo petrolífero francês Total deverá iniciar a produção em Novembro próximo, noticiou terça-feira em Luanda a agência noticiosa angolana Angop.

Depois da ancoragem no Bloco 17 do mar angolano, onde a unidade se juntou a outros dois pólos de desenvolvimento da companhia, o FPSO está na fase de montagem e ligação dos cabos com as cabeças de poços.

A embarcação tem capacidade para processar 220 mil barris de petróleo e/ou 4,4 milhões de metros cúbicos de gás/dia e poderá armazenar até 1,9 milhões de barris de petróleo em rama.

Em águas territoriais angolanas desde Abril, o Pazflor tem no seu conjunto de equipamentos uma turbina a gás de 120 megawatts, suficientes para fornecer energia para uma cidade de aproximadamente 100 mil habitantes.

O Bloco 17 compreende quatro pólos, estando dois em produção (Girassol e Dália) e dois outros em desenvolvimento (PazFlor e CLOV). O Girassol produz com os campos Girassol, Jasmim e Rosa e o Dália com o campo homónimo (Dália).

O PazFlor, terceiro pólo em desenvolvimento, integra os campos Perpétua, Hortência, Zinia e Acácia. O quarto pólo é o CLOV que compreende os campos Cravo, Lírio, Orquídea e Violeta. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH