Ministério do Turismo de Moçambique prorrogou prazo para apresentação de propostas a concurso internacional

28 June 2011

Maputo, Moçambique, 29 Jun – O Ministério do Turismo prorrogou por 45 dias o prazo de apresentação das propostas para exploração das ilhas Crusse e Jamali, na província de Nampula, soube a macauhub de uma fonte do Instituto Nacional do Turismo (Inatur).

A fonte disse à Macauhub que a prorrogação ficou a dever-se à solicitação apresentada por alguns dos potenciais concorrentes.

O Ministério de Turismo de Moçambique lançou em Março do presente ano um concurso público internacional para a construção e exploração de uma estância de turismo integrado em Matibane, ilhas Crusse e Jamali, no distrito de Mossuril, na província de Nampula.

As ilhas Crusse e Jamali têm respectivamente 16 e 75 hectares.

O projecto de turismo integrado de Matibane encontra-se localizado a 45 quilómetros da base aérea de Nacala, infra-estrutura que vai ser convertida em aeroporto internacional e cujas obras, que se iniciaram em Abril, deverão ficar concluídas em 2013, na sequência de um investimento de 111 milhões de dólares.

O futuro aeroporto de Nacala encontra-se a seis horas de vários destinos europeus e ficará dotado de instalações com capacidade para movimentar 500 mil a 600 mil passageiros por ano e receber aviões semelhantes aos Boeing 757 e 767.

As duas ilhas estão localizadas em águas cristalinas e rodeadas por extensos recifes de corais, para além de que possuem florestas indígenas e outros tipos de vegetação, que proporcionam condições para o mergulho e pesca desportiva.

O ministro moçambicano do Turismo, Fernando Sumbana Jr, tem manifestado o desejo de ver a contribuição do sector para o produto interno bruto (PIB) aumentada dos actuais 2,5% para 4% no decurso dos próximos cinco anos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH