Agência Moody’s baixou notação de risco de dívida soberana de Portugal para “lixo”

5 July 2011

Lisboa, Portugal, 6 Jul – A agência de notação de risco Moody’s baixou o “rating” da dívida soberana portuguesa em quatro níveis de “Baa1” para “Ba2” e manteve uma previsão negativa, indicativa de que novas reduções poderão vir a ser anunciadas.

Com esta redução em quatro níveis, a Moody’s classificou a dívida soberana portuguesa como um investimento de alto risco ou “lixo”.

A Moody’s justificou a decisão com três ordens de razões, nomeadamente de que há um risco crescente de que Portugal venha a necessitar de um segundo programa de ajuda financeira, que o país não consiga cumprir os objectivos de redução do défice e que o Estado português não consiga financiar-se nos mercados a taxas sustentáveis a partir do segundo semestre de 2013.

As outras duas agências internacionais de notação de risco, a Standard & Poor’s e Fitch Ratings, têm o “rating” de Portugal em “BBB-“, apenas um nível acima do limiar de “com qualidade para investimento” (“investment grade”).

A Moody’s baixou ainda a notação da dívida soberana portuguesa de curto prazo para “Not prime”, igualmente “lixo”.

De referir que na sequência da decisão da Moody’s, Portugal passou a ser o segundo país da Zona Euro com a notação mais baixa, apenas superada pela da Grécia, a quem a agência atribuiu uma classificação de “Caa1”, cinco níveis abaixo da portuguesa. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH