Transportadora aérea de Angola quer voar a prazo para os Estados Unidos da América

5 July 2011

Luanda, Angola, 6 Jul – A transportadora aérea angolana Taag pretende voar a prazo para os Estados Unidos da América, sendo este um dos principais desafios da administração da empresa, afirmou no passado fim-de-semana em Luanda o presidente da Taag, Pimentel Araújo.

Em declarações à agência noticiosa angolana Angop por ocasião da abertura da nova rota Luanda/Porto/Luanda, Pimentel Araújo disse que a empresa está-se a preparar para dar início à operação para os Estados Unidos da América, que irá acontecer num período de dois anos.

De acordo com o presidente da Taag, a pretensão da administração da empresa envolve, pelo menos, a deslocação a Angola de inspectores da Administração Federal da Aviação.

A Sonair, companhia aérea do grupo Sonangol, efectua a rota Luanda/Houston (EUA)/Luanda, destinada aos membros da Associação Estados Unidos-África para a Energia (USAEA, na sigla em inglês), sendo por isso considerada uma rota fechada, não-aberta ao público.

Pimentel Araújo disse ainda que a empresa não prevê abrir novas rotas este ano, mas melhorar as já existentes e consolidar as operações actuais. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH