Fábricas de processamento de fruta e de latas para embalagens poderão vir a ser construídas em Moçambique

6 July 2011

Maputo, Moçambique, 7 Jul – Dois pré-projectos para a construção no sul de Moçambique de fábricas de processamento de fruta e de latas para embalagem foram quarta-feira apresentados em Maputo, informou o diário Notícias, de Maputo.

Preparados com o apoio do Brasil, os dois pré-projectos apontam para que a fábrica de processamento de fruta venha a ser construída em Inhambane e a de latas para embalagem em Maputo, sendo que neste último caso a sua localização fica a dever-se ao facto de a capital acolher cerca de 65% do número de empresas que utilizam aquele produto.

Ao usar da palavra na apresentação aos empresários moçambicanos dos dois pré-projectos, o ministro da Indústria e Comércio, Armando Inroga, disse que a fábrica de processamento de fruta ficará em Inhambane atendendo a que aquela província é um dos grandes produtores de fruta e localiza-se próximo do ponto de maior consumo de sumos do país – a cidade e província do Maputo.

Falando dos custos de instalação das fábricas, o ministro garantiu desde logo que o Estado vai ceder os terrenos, um dos grandes obstáculos para a instalação dos projectos.

O ministro disse ainda que os empresários brasileiros estão dispostos a liderar o processo no que respeita a uma fábrica para a produção de grandes embalagens sem tampa ou de latas da mesma série, que terá um custo estimado entre 23 e 32 milhões de dólares no primeiro caso e de até 20 milhões de dólares no segundo.

No que respeita à produção de latas com tampa o investimento terá de rondar 53 milhões de dólares e neste caso os empresários brasileiros querem partilhar o risco com moçambicanos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH