Embaixador da China em Moçambique fez entrega formal de centro de investigação agrário

10 July 2011

Maputo, Moçambique, 11 Jul – O Centro de Investigação e Transferência de Tecnologias Agrárias Moçambique-China, localizado em Umbelúzi, distrito de Boane, província meridional do Maputo, foi formalmente entregue pelo embaixador da China em Moçambique ao governo do país, informou o diário Notícias, de Maputo.

Trata-se de um empreendimento orçado em mais de 6 milhões de dólares financiados pelo governo da China no âmbito da cooperação existente entre os dois países no domínio da ciência e tecnologia.

Ocupando uma área de 52 hectares, o centro inclui escritórios para administração, salas para a formação, laboratórios e residências para os investigadores, técnicos, formandos, entre outras infra-estruturas, bem como campos para a realização de testes e produção agrícola, sistema de irrigação e espaço para a produção animal.

Na ocasião, o ministro da Ciência e Tecnologia, Venâncio Massingue, disse que o centro constitui um instrumento importante para o sector da agricultura, uma vez que o mesmo vai dedicar-se à investigação científica, formação, produção e transferência de tecnologia, para o aumento mais efectivo da produção e produtividade.

Por seu turno, o embaixador da China, Huang Songfu, disse que o centro é um de 14 projectos apoiados pela China em África tendo sido primeiro a ficar concluído.

O centro tem capacidade para receber 40 formandos, que permanecerão no local por um período de três a seis meses. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH