Estrada em Moçambique ligando a Beira ao Zimbabué vai ser reconstruída

12 July 2011

Maputo, Moçambique, 13 Jul – A Estrada Nacional 6 ligando a cidade portuária da Beira, em Sofala e a vila fronteiriça de Machipanda, província de Manica, com o Zimbabué vai ser reconstruída em toda a sua extensão, afirmou o ministro das Obras Públicas e Habitação de Moçambique.

De acordo com o diário Notícias, de Maputo, o ministro Cadmiel Muthemba disse que o trabalho efectuado de tapamento dos buracos não resolve o problema da degradação das estradas havendo necessidade de outro tipo de intervenção mais consistente.

O ministro adiantou que o governo central está a tentar obter financiamento sendo que de acordo com estudos já realizados o montante necessário para reconstruir a EN6 diverge de acordo com a solução a ser adoptada.

O Notícias adianta que uma solução provisória teria um custo de 30 milhões de dólares ao passo que uma intervenção mais profunda, que passaria pelo alargamento da estrada, levantamento da cota e reconstrução das pontes entre a Beira e Machipanda apresentaria um custo de 370 milhões de dólares.

As soluções avançadas pela empresa consultora vão merecer um apreciação definitiva do governo central, tendo o Ministério das Obras Públicas e Habitação lançou recentemente um pedido de manifestação de interesse para a reconstrução daquela estrada, incluindo a via Vandúzi/Changara, havendo já propostas dos empreiteiros.

Depois da pré-qualificação que apurou nove empresas, segundo Cadmiel Muthemba, vai-se seguir a segunda fase, com o envolvimento de técnicos especializados na matéria, não havendo de momento qualquer prazo para a concretização da empreitada.

A EN6 serve de ligação entre o porto da Beira e alguns países do interior do continente, nomeadamente RD Congo, Zâmbia, Zimbabué, Malawi e Tanzânia, nela circulando diariamente mais de 2 600 camiões de grande tonelagem. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH