Moçambique está a negociar com o Banco Mundial financiamento para obras de saneamento na cidade da Beira

13 July 2011

Beira, Moçambique, 14 Jul – O governo de Moçambique está em conversações com o Banco Mundial no sentido de obter financiamento para a reconstrução dos canais de drenagem que atravessam a cidade da Beira, informou o director do Projecto de Saneamento da Beira, Paulo Óscar.

Dizendo que os canais se encontram repletos de lixo e em muito mau estado de conservação, Paulo Óscar adiantou que as negociações com o Banco Mundial centram-se na concessão de um financiamento de 50 milhões de dólares que, precisou, dará para reconstruir 50 quilómetros de canais de drenagem.

Basicamente, o projecto deverá consistir no revestimento com betão armado a fim de aumentar o coeficiente de drenagem, antecipando-se que com essas obras a vida dos residentes na cidade da Beira melhore significativamente, particularmente na época das chuvas.

Citado pelo diário Notícias, de Maputo, Paulo Óscar adiantou que, a prazo, vai ser iniciado um outro projecto que consiste na construção de um sistema de esgotos de águas residuais com 30 quilómetros e de uma vala de drenagem para águas pluviais com 20 quilómetros, para o qual já existe um financiamento de 10 milhões de dólares do Banco Árabe para o Desenvolvimento Económico de África (BADEA).

Este projecto, que contempla também dois postos de bombagem, que vão ser ligados ao sistema antigo para o tratamento de águas residuais, está actualmente a ser preparado por duas empresas de Moçambique e da Jordânia, sendo que as obras poderão iniciar-se no primeiro trimestre de 2012. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH