Portuguesa EDP Renováveis acerta com BNDES do Brasil construção de parque eólico no Rio Grande do Sul

25 July 2011

Lisboa, Portugal, 26 Jul – A EDP Renováveis (EDPR) anunciou segunda-feira em Lisboa que estabeleceu uma estrutura contratual de “project finance” com o Banco Nacional de Desenvolvimento Económico e Social (BNDES) do Brasil para um parque eólico naquele país.

Segundo o comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), em causa está o parque eólico de Tramandaí, no Estado brasileiro do Rio Grande do Sul, que terá 70 megawatts (MW).

“A dívida de longo prazo contratada totaliza 228 milhões de reais [103 milhões de euros, à taxa de câmbio actual], sendo expectável que o encaixe desta operação ocorra no terceiro trimestre de 2011”, lê-se no comunicado.

A EDPR refere que o parque eólico Tramandaí é o primeiro desenvolvido e construído no Brasil, um país que “apresenta um forte potencial de desenvolvimento de energia eólica em virtude do elevado recurso eólico”.

A produção do parque eólico Tramandaí está integralmente contratada com a Eletrobrás, através de um contrato de aquisição de energia, pelo prazo de 20 anos.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH