Brasil ascendeu ao 5º lugar na lista dos países que mais investimento estrangeiro atraíram em 2010

26 July 2011

Paris, França, 27 Jul – O Brasil passou do 15º para o 5º lugar na lista dos países que mais investimento directo estrangeiro (IED) receberam em 2010, de acordo com um relatório da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD, na sigla em inglês), terça-feira divulgado.

Numa lista de novo liderada pelos Estados Unidos da América, que conseguiu atrair 228 mil milhões de dólares em IED, um aumento homólogo de 49%, o IED no Brasil cresceu 86,4% em 2010 para 48,4 mil milhões de dólares, de acordo com o estudo Investimento no Mundo 2011.

O aumento de dez lugares do Brasil na lista do IED em 2010 foi impulsionado pela entrada de mais de 15 mil milhões de dólares em Dezembro, dos quais 7,1 mil milhões se referem à venda de 40% da unidade brasileira do grupo espanhol Repsol ao grupo petrolífero chinês Sinopec.

A China e Hong Kong ocuparam, respectivamente, o segundo e o terceiro lugares, com IED de 106 mil milhões de dólares e 69 mil milhões de dólares e em quarto lugar ficou a Bélgica, com 62 mil milhões de dólares.

O IED representa investimentos voltados para a produção, como a criação de fábricas e diversas operações empresariais internacionais, como fusões e aquisições, compra de participações accionistas, empréstimos a filiais e reinvestimento dos lucros.

A agência da ONU prevê novo crescimento do IED em 2011, que deverá atingir entre 1,4 biliões e 1,6 biliões de dólares. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH