Electricidade de Moçambique perdeu mais de 13 milhões de dólares em roubo de energia e de equipamentos no 1º semestre

27 July 2011

Matola, Moçambique, 28 Jul – As ligações clandestinas e a destruição das infra-estruturas da rede eléctrica lesaram a Electricidade de Moçambique (EdM) em 398,7 milhões de meticais (mais de 13 milhões de dólares), durante o primeiro semestre de 2011, disse na Matola o presidente da empresa.

Manuel Cuambe disse à agência noticiosa moçambicana AIM que daquele montante 380 milhões de meticais dizem respeito a ligações clandestinas e consumos ilegais e 18,7 milhões de meticais estão associados a danificação e destruição das infra-estruturas.

Cuambe disse que a EdM vai apostar, ao longo deste segundo semestre, na redução dos níveis de perdas de energia não-técnicas na rede de distribuição de energia eléctrica.

Falando à margem da reunião de prestação de contas à administração pelos Centros de Negócios e Suporte, Manuel Cuambe informou ter sido obtido um acordo com a Hidroeléctrica de Cahora Bassa para a atribuição adicional de 100 megawatts para os projectos de electrificação do país totalizando uma reserva actual de 500 megawatts.

“Globalmente construíram-se mais de 800 quilómetros de linhas de média tensão e foram instalados novos postos de transformação para o reforço e expansão do sistema de distribuição da EdM”, salientou. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH