Primeiro envio de carvão extraído pela Vale Moçambique chegou ao porto da Beira

8 August 2011

Beira, Moçambique, 9 Ago – O primeiro envio de carvão mineral extraído pela Vale Moçambique em Moatize, província de Tete, chegou segunda-feira ao porto da Beira tendo as 2700 toneladas sido transportadas por um comboio com 42 vagões e três locomotivas, informou o diário Notícias, de Maputo.

O minério será descarregado num período de 48 horas, devendo permanecer a céu aberto no terminal de carvão daquela infra-estrutura ferro-portuária até que, na sequência da chegada de outros lotes, se atinjam 50 mil toneladas, altura em que será exportado.

Depois deste primeiro lote, segundo o presidente da estatal Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique, Rosário Mualeia, o comboio vai novamente seguir viagem durante cerca de 24 horas para alcançar a vila carbonífera de Moatize para ser de novo carregado.

Na sua avaliação, o primeiro comboio chegou com algum atraso, tendo partido de Moatize às 20 horas de domingo e chegado ao porto da Beira depois das 18 horas de segunda-feira, circulando a uma velocidade de cerca de 65 quilómetros por hora.

De acordo com a previsão avançada por Rosário Mualeia, a primeira exportação de carvão mineral de Tete deverá ocorrer no dia 28 deste mês, tendo como destino os mercados brasileiro, indiano, japonês e sul-africano.

Para já, decorrem procedimentos de adjudicação para o embarque, sendo que inicialmente os navios vão transportar uma média entre 50 mil e 60 mil toneladas de carvão, enquanto se espera que até Novembro próximo os cais de carvão funcionem em pleno no porto da Beira. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH