Esgotado espaço para expor na Feira Internacional de Maputo, Moçambique

18 August 2011

Maputo, Moçambique, 19 Ago – A organização da Feira Internacional de Maputo (Facim) viu-se forçada a procurar soluções para alargar a área coberta do recinto devido ao número elevado de empresas que nos últimos dias têm procurado espaço, afirmou em Maputo o presidente da entidade organizadora.

João Macaringue, presidente do Instituto para a Promoção das Exportações (IPEX), garantiu que a feira está completamente lotada e que a alternativa para a busca verificada nos últimos dias passa pela instalação de tendas adicionais para a exposição.

Inicialmente, haviam sido programados para a edição deste ano cinco pavilhões com uma área de dois mil metros quadrados cada, que acabaram por ficar completamente preenchidos.

A organização encomendou duas tendas gigantes que deverão acomodar os expositores de última hora.

Até à data 17 países haviam confirmado a sua presença no certamente, concretamente África do Sul, Angola, Argentina, Botswana, Brasil, China, Dinamarca, Espanha, Itália, Malawi, Paquistão, Polónia, Portugal, Quénia, Tailândia, Tanzânia e Zâmbia e ainda a Região Administrativa Especial de Macau.

Foram confirmadas 1078 empresas nacionais e 600 estrangeiras, tendo João Macaringue adiantado que o número de empresas estrangeiras poderá sofrer alguma alteração para mais, sobretudo porque os países ainda não forneceram os pormenores sobre a composição em cada um dos seus pavilhões.

No global foram inscritas 1678 empresas, contra 1574 registadas o ano passado.

Dos 17 países, Portugal terá a maior participação, expondo numa área de 1600 metros quadrados, adiantou João Macaringue.

A edição deste ano da Facim, já nas novas instalações no distrito de Marracuene, a cerca de 20 quilómetros de Maputo, terá lugar de 29 de Agosto a 4 de Setembro. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH