Construtora chinesa Chery quer 3% do mercado automóvel do Brasil até 2015

21 August 2011

São Paulo, Brasil, 22 Ago – A construtora de automóveis chinesa Chery Automobile Co. terá margens de lucro “insignificantes” durante os próximos dez anos no Brasil uma vez que o objectivo principal é triplicar sua presença de mercado local até 2015, disse o presidente da companhia no Brasil, Luís Curi.

Com 1% do mercado doméstico de automóveis, a empresa chinesa aposta que chegará a 3% até 2015, após o início da produção na fábrica que está a construir em Jacareí, no interior de São Paulo, disse Curi.

A fábrica, que representa um investimento de 400 milhões de dólares americanos, terá capacidade para produzir entre 150.000 e 170.000 veículos por ano. A Chery espera vender cerca de 30.000 veículos no Brasil neste ano, disse o presidente em São Paulo.

“Nos próximos dez anos nós não vislumbramos, nós não esperamos, retorno. São dez anos de investimento. O lucro é relegado para segundo plano.”

A participação das construtoras chinesas no mercado brasileiro de carros ligeiros brasileiro passou de praticamente zero em Abril de 2010 para 3,29% na primeira quinzena de Agosto deste ano, segundo dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores.

A Chery foi a primeira a começar a vender no Brasil, em Maio do ano passado, sendo seguida pela Chongqing Lifan Auto Co Ltd em Dezembro e pela JAC Motors, da Anhui Jianghuai Automobile Co., em Março deste ano.

De acordo com Luís Curi, a Chery tem 82 concessionárias em actividade no Brasil, e espera chegar a 150 no ano que vem.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH