Angola vai crescer 8% em 2012

25 August 2011

Luanda, Angola, 26 Ago – O investimento público e a valorização do petróleo vão permitir a Angola crescer 8% no próximo ano, indicou o economista do Banco Mundial para Angola e Moçambique, Ricardo Gazel, citado pela agência de informação financeira Bloomberg.

O crescimento da economia angolana, segunda maior produtora petrolífera da África subsaariana, deverá fixar-se nos 5% este ano, estimou ainda Ricardo Gazel.

De acordo com o economista do Banco Mundial, o petróleo representa mais de 50% do Produto Interno Bruto (PIB) de Angola, 80% das receitas estatais e mais de 90% das exportações.

A queda do preço do petróleo em 2009 causou uma forte baixa nas reservas angolanas de moeda estrangeira e obrigou Luanda a arrefecer o programa de investimento público e de construção de infra-estruturas.

“As perspectivas económicas para Angola são sólidas (…) Hoje, Angola está numa posição completamente diferente e prevê-se que deva reiniciar os investimentos no sector não-petrolífero, que deverá estimular ainda mais o crescimento”, referiu Gazel.

A redução da produção petrolífera, que se espera em consequência de interrupções para trabalhos de manutenção, deverá ser “mais do que compensada” pelo aumento dos preços do crude, acrescentou o economista, que prevê ainda um aumento do investimento público antes das eleições de 2012.

Gazel antecipa um excedente orçamental de 8% do PIB em 2011 e um aumento das reservas de divisas para mais de 20 mil milhões de dólares (13,8 mil milhões de euros), tornando, assim, mais fácil a Luanda financiar os programas de investimento público sem ter de emitir dívida.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH