Actividade seguradora em Cabo Verde cresceu em 2010 mas penetração na economia continua baixa

29 August 2011

Praia, Cabo Verde, 30 Ago – A actividade seguradora em Cabo Verde cresceu 4,1% em 2010 tendo a produção do sector ascendido a 2158 milhões de escudos cabo-verdianos (19,5 milhões de euros), de acordo com o relatório anual do Banco de Cabo Verde (BCV).

Embora a taxa de crescimento registada em 2010 tenha sido superior em 1,2 pontos percentuais à observada um ano antes, o peso da actividade seguradora no Produto Interno Bruto do arquipélago foi de apenas 1,57% (1,52% em 2009), o que reflecte “um fraco grau de penetração” da actividade seguradora na economia.

No documento, o BCV indica que o valor do prémio de seguro “per capita” estimado para 2010 foi de 52,6 dólares (37,04 euros), o que representa um aumento de 3,6% relativamente ao ano anterior.

Segundo o BCV, o segmento vida, embora continuando a exibir valores absolutos baixos, tem vindo a aumentar o seu peso relativo, passando de 3,7% em 2009 para 4,1% em 2010.

O segmento não-vida, com um volume de prémios de 2070 milhões de escudos (18,7 milhões de euros), representou 96% do total dos prémios.

O ramo automóvel permaneceu como o principal, com um volume de prémios de 950 milhões de escudos (8,61 milhões de euros). (macauhub)

MACAUHUB FRENCH