Carteira de projectos de telecomunicações e TI de Angola avaliada em 800 milhões de dólares

5 September 2011

Luanda, Angola, 6 Set – A carteira de projectos do sector de Telecomunicações e Tecnologias de Informação, cuja execução vai até 2012, apresenta um valor de 800 milhões de dólares, afirmou domingo em Luanda o titular da pasta, José Carvalho da Rocha.

Intervindo domingo num programa da Televisão Pública de Angola (TPA), José Carvalho da Rocha informou que o ministério está a desenvolver projectos como o de extensão do cabo submarino de fibra óptica, o Sistema de Telecomunicações Via Satélite (Infrasat) e o AngoSat.

Citado pela agência noticiosa angolana Angop, o ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação disse que até ao final do primeiro semestre de 2012 ficarão concluídos alguns projectos como o de extensão do cabo de fibra óptica, que permitirá a melhoria dos serviços de comunicação, voz e dados, com o exterior do país.

Relativamente ao Sistema de Telecomunicações Via Satélite (Infrasat), que permitirá a prestação de serviço de qualidade de dados, voz e imagem, assim como Internet em banda larga, novos canais de televisão e rádio, além da possibilidade de ampliação da cobertura da telefonia móvel, o responsável informou que estão já instaladas cerca de 600 estações pelo país.

Quanto ao projecto AngoSat, reafirmou que o satélite será colocado em órbita em 2012 e que quadros angolanos vão participar na gestão e manutenção do satélite angolano.

O projecto AngoSat está avaliado em 327 milhões de dólares e com um tempo de produção estimado em 39 meses, o contrato prevê, além do fornecimento de meios técnicos, a formação de quadros angolanos em tecnologia espacial para a gestão do satélite.

O AngoSat terá um tempo de vida útil de 15 anos e vai servir para apoiar as infra-estruturas angolanas de telecomunicações e televisão digital terrestre em todo o país. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH