Governo de Moçambique aprovou introdução de novas variedades de semente de batata

5 September 2011

Lima, Perú, 6 Set – O governo de Moçambique aprovou a introdução no país de sete novas variedades de semente de batata que foram desenvolvidas com o apoio do Centro Internacional da Batata, informou a instituição em comunicado divulgado na sua página electrónica.

No comunicado, afirma-se que a entrada de novas variedades de semente faz parte da estratégia do governo de Moçambique no sentido de reduzir a dependência do país da importação de produtos alimentares, sendo que actualmente o país é obrigado a importar anualmente cerca de 2 mil toneladas de semente de batata.

Números oficiais revelam que na campanha agrícola 2010/2011 Moçambique produziu 229 mil toneladas de batata mas registou um consumo de 277 mil toneladas, um défice de 48 mil toneladas.

Mesmo assim, este défice foi bastante menor do que o de 126 mil toneladas registado na campanha agrícola de 2009/2010, período em que a produção ascendeu a 138 mil toneladas e o consumo a 264 mil toneladas.

Estas novas variedades de semente de batata foram desenvolvidas, de acordo com a investigadora Maria Andrade, para proporcionar um rendimento elevado, aguentarem o armazenamento e serem resistentes a algumas das principais doenças que afectam a cultura. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH