Parceiros do apoio programático a Moçambique vão continuar a apoiar o país

13 September 2011

Maputo, Moçambique, 14 Set – O grupo de parceiros que apoia directamente o Orçamento de Estado de Moçambique poderá vir a desembolsar entre 700 milhões e 800 milhões de dólares para o ano de 2012, informou o diário Notícias, de Maputo.

O jornal acrescenta que num encontro realizado no passado fim-de-semana em Inhambane, os representantes do Grupo dos 19 (G19) e dos países que apoiam programas sectoriais escusaram-se a apresentar valores definitivos mas anunciaram o compromisso de continuar a apoiar Moçambique.

A concretizar-se, o valor a ser desembolsado em 2012 representará, no mínimo, a manutenção da média dos apoios concedidos pelos países e organizações doadoras nos últimos cinco anos.

O ministro da Planificação e Desenvolvimento, Aiuba Cuereneia, disse ao Notícias que a manutenção dos valores deriva do facto de existir entre o governo e os parceiros um memorando de entendimento que, em grande parte dos indicadores estabelecidos está, a ser cumprido.

Este encontro em Inhambane contou com a presença de representantes do G19 e de países como o Japão, Brasil, Estados Unidos da América e do Sistema das Nações Unidas.

O embaixador do Canadá, Alain Latulippe, que preside ao G19, adiantou que até finais de Outubro deverão ser conhecidos os apoios que cada país irá prestar para a continuidade dos projectos de desenvolvimento em Moçambique. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH