Governo de Moçambique está a efectuar zonamento agrícola do país

18 September 2011

Maputo, Moçambique, 19 Set – Um programa de zonamento agrícola que visa identificar com precisão as zonas com potencial agrícola permitindo um melhor planeamento da utilização da terra está a ser realizado em Moçambique, afirmou o vice-Ministro da Agricultura, António Limbau.

Levado a cabo pelo Ministério da Agricultura, o programa, que deverá ficar concluído em 2012, foi já efectuado na província da Zambézia, estando actualmente em curso nas províncias de Sofala, Nampula e Cabo Delgado.

O objectivo essencial do programa iniciado este ano é localizar e quantificar as terras aráveis para a exploração sustentável na perspectiva do aumento dos níveis de produção e de produtividade, de acordo com o diário Notícias, de Maputo.

Para as autoridades agrícolas moçambicanas, a campanha agrícola 2012/13 será determinante para aquilo que são as perspectivas do governo de produzir alimentos para satisfazer as necessidades internas e olhar o mercado regional como uma oportunidade para negócios e consequente melhoria da posição da economia do país no contexto continental.

Concluído o zonamento agrícola, o governo ficará dotado de informações sobre o que fazer no sentido de atrair investidores para a produção e transformação local dos produtos agrícolas e pecuários, facto que pressupõe a disponibilidade de energia eléctrica fiável, bem como de infra-estruturas rodoviárias e ferroviárias para garantir o escoamento da produção para os potenciais mercados.

É por isso mesmo que a estratégia do governo para os próximos anos reside na viabilização dos corredores regionais, sendo que o do Maputo é aquele que, de entre os três (incluindo Nacala e Beira), reúne melhores infra-estruturas, nomeadamente de energia eléctrica da rede nacional, sistemas rodoviários e ferroviários para apoiar o sector produtivo agrícola e pecuário. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH