Governo de Angola aposta em pólos industriais para acelerar crescimento

20 September 2011

Luanda, Angola, 21 Set – As políticas de aceleração do programa de industrialização de Angola passam pela construção de pólos de desenvolvimento industrial nas 18 províncias, disse terça-feira em Luanda o secretário de Estado da Indústria, Kiala Gabriel.

Em declarações à agência noticiosa angolana Angop, à margem das XV Jornadas Técnico-Científicas da Fundação Eduardo dos Santos (FESA), o secretário de Estado realçou que a nível do país estão já identificados 11 pontos para a criação de pólos de desenvolvimento industrial, o que considerou uma oportunidade de negócios no quadro da lei das parcerias público-privadas.

Quanto ao estado actual dos pólos de desenvolvimento industrial de Viana (Luanda) e da Catumbela (Benguela), afirmou que o primeiro funciona com as primeiras unidades fabris na sua zona económica especial, enquanto a segunda (Catumbela) tem esgotada o espaço disponível para a primeira fase do projecto.

Já em relação aos pólos industriais de Futila (Cabinda), Lucala (Cuanza Norte), Caála (Huambo), Matala (Huíla), Cacuaco (Luanda), bem como o da região do Icolo e Bengo (Bengo), o secretário de Estado informou que esperam por financiamento para o início da construção.

As XV Jornadas Técnicos-Científicas da FESA, que este ano decorrem sob o lema “A industrialização no actual contexto de desenvolvimento de Angola”, juntam especialistas nacionais e estrangeiros dos ramos da indústria, energia, águas, bancos, agricultura, florestas e pescas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH