Empresas de Macau e dos países de língua portuguesa dispõem de centro de exposição de produtos na China

25 September 2011

Macau, China, 26 Set – O Centro de exposição e venda de produtos de Macau e dos países de língua portuguesa, sábado inaugurado na cidade de Jiangmen com a presença do chefe do executivo de Macau, Fernando Chui Sai On, e do governador de Guangdong, Huang Huahua, representa novas oportunidades para a comercialização daqueles produtos na China, afirmou o empresário Eduardo Ambrósio.

Eduardo Ambrósio, presidente da Associação Comercial Internacional para os Mercados Lusófonos e ligado à Associação dos Exportadores e Importadores de Macau, disse que o novo centro traz um leque de oportunidades para os produtos dos países de língua portuguesa na China, atendendo a que apenas a província de Guangdong tem uma população de 100 milhões de habitantes.

Resultado de uma parceria entre o governo de Macau, a Associação dos Exportadores e Importadores de Macau e a DCH Logistics, o centro está instalado no centro logístico Dam Chong Hong, “canal que será fundamental para o escoamento dos produtos para as várias regiões da China”, de acordo com o empresário Humberto Rodrigues, importador de produtos alimentares e vinhos portugueses.

O centro está aberto aos produtos dos países de língua portuguesa, das empresas de Macau com fábricas no interior da China e importados por agentes de Macau e funciona como um espaço de exposição e bolsa de negócios.

O centro de Jiangmen, cidade localizada a 70 quilómetros de Macau, irá ainda receber visitas organizadas de potenciais compradores e tem previstas acções promocionais na China para ajudar as pequenas e médias empresas a entrarem no mercado da China de uma forma simples e directa. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH