Empresa portuguesa Fernave vai dar formação aos maquinistas da Caminhos-de-Ferro de Luanda

26 September 2011

Lisboa, Portugal, 27 Set – A Fernave, empresa portuguesa de formação técnica, vai dar formação ao pessoal da Caminhos-de-Ferro de Luanda (CFL), nos termos de um contrato recentemente assinado, informou o presidente da empresa, Rui Lucena.

Nos termos do contrato de 200 mil euros assinado com a CFL, a Fernave, empresa participada pela CP, Refer e Metro de Lisboa, vai dar formação a 30 maquinistas.

Rui Lucena disse ainda que a Fernave vai abrir um centro de formação ferroviário em Angola, para que possa ser concretizada a formação dos maquinistas.

A formação teórica e prática do curso será ministrada em Angola por formadores certificados do quadro da Fernave, que se deslocarão para o efeito.

O conteúdo programático do curso foi submetido à aprovação da entidade reguladora do sector ferroviário em Angola, o Instituto Nacional dos Caminhos de Ferro de Angola, sendo também o primeiro a obter a respectiva certificação oficial no país.

A formação arranca a 24 de Outubro e terá uma duração de seis meses. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH