Linha de caminho-de-ferro de Salamanga, em Moçambique, vai ter serviço de passageiros

28 September 2011

Maputo, Moçambique, 29 Set – A empresa estatal Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique vai introduzir o serviço de transporte de passageiros entre a cidade de Maputo e a localidade de Salamanga, igualmente na província de Maputo, de acordo com o diário Notícias, de Maputo.

O jornal cita fonte da empresa para adiantar que este projecto pretende ajudar a tornar rentável a linha de caminho-de-ferro de Salamanga que, a partir de 2012, vai funcionar como principal via de escoamento do cimento produzido naquela região da província do Maputo e de lá trazer calcário para alimentar a fábrica de cimento da Matola.

Actualmente em reparação, a linha de Salamanga estende-se por cerca de 54 quilómetros, com passagem por várias áreas densamente habitadas da província do Maputo, como Machava e Boane, razão por que a empresa acredita que a introdução de um serviço de passageiros pode representar uma mais-valia para as diversas comunidades residentes ao longo da via.

Entretanto, decorrem em Salamanga as obras de construção de uma nova fábrica de produção de cimento, empreendimento que conta com investimentos moçambicanos e chineses avaliados em 72 milhões de dólares, dos quais 58 milhões de dólares vão ser investidos na construção da fábrica e o remanescente na exploração de uma mina de calcário localizada na zona.

Os investimentos na reparação da linha de Salamanga, que deverão ficar concluídos até Julho de 2012, foram aprovados com o objectivo de tornar possível o escoamento seguro de cimento e calcário, sendo que a linha dispõe actualmente de uma capacidade de 600 mil toneladas de carga por ano, embora os comboios não possam circular a uma velocidade superior a 17 quilómetros por hora.

Após os trabalhos de reparação, a linha terá uma capacidade de 3,4 milhões de toneladas de carga por ano, com os comboios a circular a velocidades que poderão atingir 50 quilómetros por hora, facto que reduzirá de três horas e meia para apenas uma hora e vinte minutos o tempo de viagem entre os extremos da via. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH