Vale do Brasil vai investir na Malásia para ficar mais próximo dos seus clientes na China

10 October 2011

Kuala Lumpur, Malásia, 11 Out – O grupo brasileiro Vale iniciou a construção de um centro de transbordo de minério de ferro na Malásia a fim de aumentar a sua presença na China, disse Marcelo Figueiredo, director para os projectos da mineira na Malásia e em Omã.

O complexo, com investimento estimado em 1,3 mil milhões de dólares, vai incluir uma unidade de produção de pelotas e armazéns, ficará localizado no estado de Perak, no norte da Malásia, e será a nova base da Vale para satisfazer as encomendas asiáticas.

“Pretendemos ficar mais perto dos nossos clientes nesta região”, disse Marcelo Figueiredo, citado pela agência Dow Jones.

A Vale enfrenta a crescente competição das empresas australianas, que têm conseguido bons negócios com compradores chineses nos últimos anos, uma vez que é mais barato enviar o minério da Austrália até à China.

Actualmente leva cerca de 45 dias para o minério de ferro embarcado no Brasil chegar à China, sendo que os australianos conseguem entregar o seu produto num prazo muito menor.

O complexo na Malásia terá capacidade de receber os navios Valemax – os maiores navios de carga a granel do mundo, com capacidade de até 400 mil toneladas – reduzindo substancialmente os custos da empresa com transporte.

De acordo com Figueiredo, a unidade terá uma capacidade anual de 60 milhões de toneladas quando as operações começarem, em 2014, sendo que eventualmente esse volume pode subir para 200 milhões de toneladas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH