Projecto do grupo português Portucel em Moçambique deverá ser aprovado ainda este ano

11 October 2011

Maputo, Moçambique, 12 Out – O projecto industrial de produção de pasta e de papel do grupo português Portucel na província da Zambézia deverá ser aprovado pelo governo de Moçambique ainda este ano, afirmou o director nacional de Terras e Florestas, Dinis Lissave.

Citado pelo jornal moçambicano O País, Dinis Lissave adiantou que o projecto de investimento foi já aprovado pelo governo da província da Zambézia encontrando-se, neste momento, no Ministério da Agricultura para análise, devendo ser submetido dentro de 15 dias ao Conselho de Ministros para aprovação.

Este projecto da Portucel representa um investimento de 2,3 mil milhões de dólares e será executado num terreno daquela província com 175 mil hectares.

Falando na semana passada em Maputo, Pedro Moura, administrador do grupo português, disse que a fábrica deverá entrar em funcionamento dentro de 10 a 15 anos, período de tempo necessário que para a plantação de eucaliptos possa abastecer de forma regular a unidade industrial a ser construída. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH