Coreia do Sul concedeu empréstimo a Moçambique para projectos de desenvolvimento

16 October 2011

Maputo, Moçambique, 17 Out – O Banco de Exportações-Importações da Coreia do Sul assinou um acordo de financiamento de 60 milhões de dólares com o governo de Moçambique, nomeadamente para a construção de três centrais fotovoltaicas na província do Niassa, de acordo com a imprensa moçambicana.

Assinado quinta-feira pelo ministro das Finanças de Moçambique, Manuel Chang e pelo vice-presidente do Banco ExIm da Coreia do Sul, Sang Wan Byun, o valor do financiamento reparte-se entre 35 milhões de dólares para a construção das centrais fotovoltaicas em três distritos daquela província nortenha e 25 milhões de dólares para a criação de um sistema de gestão de informação de emergência.

O projecto de Sistema de Gestão de Informação de Emergência visa desenvolver um sistema de comunicação integrado e eficaz para proteger a vida e a saúde pública dos cidadãos, indo a sua utilização ser efectuada conjuntamente pela polícia e pelos serviços públicos nacionais de salvamento e serviços médicos de emergência.

Este empréstimo concedido a Moçambique pelo Banco ExIm da Coreia do Sul tem uma maturidade de 40 anos e um período de carência de 15 anos e uma taxa de juro de 0,01%.

Moçambique e a Coreia do Sul mantêm laços de cooperação desde 1993, tendo em 2010, por exemplo, sido assinados entre os dois países três acordos de concessão de crédito no valor conjunto de 114,1 milhões de dólares para o financiamento de um hospital em Quelimane, a asfaltagem da estrada Nampula/Cuamba e acções de electrificação rural na província de Gaza. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH