Presidente do Brasil esperada hoje em Moçambique para visita oficial

17 October 2011

Maputo, Moçambique, 18 Out – As relações comerciais entre Moçambique e o Brasil poderão sair reforçadas da visita a Moçambique, a partir de hoje, da presidente do Brasil Dilma Rousseff, de acordo com a imprensa moçambicana.

Em declarações ao diário Notícias, de Maputo, o presidente da Câmara do Comércio Moçambique e Brasil, Rogério Samo Gudo, disse que a visita poderá contribuir para incentivar a procura e a confiança dos empresários brasileiros pelo mercado moçambicano.

“Penso que, para além da exploração mineira, Moçambique pode aproveitar muito da experiência brasileira na área da construção civil, na agricultura e outros sectores importantes onde apresentam grandes vantagens”, indicou.

Rogério Samo Gudo disse que, no passado recente, a instituição que dirige tem-se concentrado na promoção de actividades que despertem o interesse dos empresários brasileiros por Moçambique ao mesmo tempo que se procura galvanizar os nacionais para que participem neste grande projecto que é de reforçar a cooperação empresarial entre os dois países.

Moçambique concentra muitos investimentos brasileiros, com destaque para os de exploração de carvão, em Moatize, e é actualmente considerado o maior beneficiário da cooperação brasileira, que envolve aproximadamente 70 milhões de dólares nas áreas de Educação, Saúde, Agricultura e Formação Profissional.

Em Maputo, Dilma Rousseff participará na homenagem ao ex-Presidente de Moçambique Samora Machel (1975-1986) e encontrar-se-á com o actual, Armando Guebuza, e com empresários moçambicanos e brasileiros.

Durante a visita de Dilma Rousseff estará também em Moçambique o Presidente do Malawi, Bingu wa Mutharika, podendo a passagem do carvão de Moatize para Nacala, através de Malawi, ser um dos temas em debate entre os três presidentes. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH