Governo de Angola trabalha na massificação da rede de banda larga

25 October 2011

Genebra, Suíça, 26 Out – O governo de Angola está a trabalhar na massificação da rede de banda larga com uma capacidade de transmissão de dados superior a 1,5 megabits por segundo, informou terça-feira, em Genebra, o presidente do Instituto Angolano das Comunicações (Inacom).

Em declarações à margem da Conferência Internacional das Telecomunicações, que decorre até quinta-feira em Genebra (Suíça), Pedro Mendes de Carvalho referiu que a mensagem do secretário-geral da União Internacional das Telecomunicações (UIT) sobre a massificação da Internet de banda larga caracteriza o que está a ser feito no sector em Angola.

De acordo com a agência noticiosa angolana Angop, Mendes de Carvalho referiu que esta caracterização, a nível do país, está patente no “Livro Branco” das Tecnologias de Informação e Comunicação, um documento que expressa o que o governo angolano pretende fazer no das telecomunicações até 2015.

“Este documento, actualizado em 2011, abarca o mercado tecnológico e os aspectos ligados às tendências que o Ministério das Telecomunicações vai verificando ao longo do tempo”, afirmou o gestor.

Disse que em Angola o projecto de massificação da Internet de banda larga está a ser feito com o apoio da UIT, organização mundial que tem como objectivo central levar as comunicações a todos os pontos do globo com qualidade e a preços acessíveis.

O Fórum Internacional das Telecomunicações (ITU World2011) decorre de 24 a 27 de Outubro na cidade suíça de Genebra. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH