Taxas de juro em Angola estão ainda muito elevadas

30 October 2011

Luanda, Angola, 31 Out – As taxas de juro em Angola para o financiamento da economia estão ainda elevadas, reconheceu domingo em Luanda o governador do Banco Nacional de Angola, em entrevista à estatal Televisão Popular de Angola.

José de Lima Massano disse que embora as taxas de juro tenham estado a cair não o estão a fazer com a celeridade necessária e adiantou que a taxa de juro para a concessão de empréstimos para investimentos ronda 17% sendo ainda mais elevadas no caso do crédito ao consumo.

O governador recordou que o banco central conta agora com uma taxa de juro de referência, instrumento de política monetária que, além de ajudar a controlar os preços, faz com que o mercado financeiro passe a ter uma referência para operações de crédito à economia.

Na mesma entrevista, José de Lima Massano afirmou que a estabilização e robustez da economia angolana estão a permitir aos agentes económicos terem confiança na moeda nacional, o kwanza.

O governador sublinhou que a moeda nacional tem sabido resistir a pressões e preservado o seu real valor, apesar da volatilidade a que tem sido sujeita mas recordou que a economia angolana ainda é muito dependente do mercado externo, situação que faz com que os agentes económicos, para assegurar os fluxos de mercadorias nas operações com o estrangeiro, prefiram dispor de moeda estrangeira.

Tal facto faz com que 50% dos depósitos do sistema financeiro nacional sejam ainda mantidos em moeda estrangeira, mas aconselhou os agentes económicos a realizar as suas operações em kwanzas, por ser a moeda que tem curso legal no país e ser parte da identidade e soberania de Angola. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH