Grupo português Galp Energia está a negociar venda de parte dos activos brasileiros com a Sinopec

2 November 2011

Lisboa, Portugal, 3 Nov – O grupo petrolífero português Galp Energia está a negociar a venda de parte do capital da sua subsidiária brasileira a dois grupos do sector, um dos quais a China Petrochemical Corp (Sinopec), informou a agência financeira Bloomberg.

No decurso da apresentação de resultados dos nove primeiros meses do ano, dia 28 de Outubro passado, o presidente executivo do grupo, Manuel Ferreira de Oliveira, disse que a Galp Energia escolheria em Novembro o seu novo parceiro para o mercado brasileiro que representaria um encaixe mínimo de 2 mil milhões de euros.

“Estamos a analisar as propostas que recebemos e esperamos concluir o processo até ao final de Novembro”, afirmou Ferreira de Oliveira.

Inicialmente, o grupo Galp Energia pretendia vender apenas um quarto dos activos brasileiros tendo, posteriormente, aumentado a posição colocada à venda para até 40%, ainda de acordo com a Bloomberg.

A equipa de gestão liderada por Ferreira de Oliveira está a sondar o mercado em busca de investidores desde Maio último, com o objectivo de ajudar a financiar o desenvolvimento de campos petrolíferos ao largo da costa do Brasil, numa altura em que este país se prepara para ser o maior produtor da América do Sul.

A Galp Energia detém participações num total de quatro blocos no mar na bacia de Santos, incluindo os campos petrolíferos Lula e Júpiter.

O grupo Galp Energia tem, como accionistas qualificados, os grupos português Amorim Energia e italiano ENI, com 33,34% cada, a Parpública – Participações Públicas com 7% e o grupo financeiro estatal Caixa Geral de Depósitos com 1%. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH