Regiões do interior do sul de Moçambique correm risco de desertificação

3 November 2011

Maputo, Moçambique, 4 Nov – Imagens de Moçambique obtidas com recurso a um satélite revelaram que a região interior do sul do país corre, a prazo, sérios riscos de desertificação, disse em Maputo Nuno Duro, da Critical Software, empresa gestora do projecto “Desert Watch”.

As imagens foram obtidas no âmbito do projecto “Desert Watch” sobre a sustentabilidade de desertificação em Moçambique, Brasil e Portugal, que é executado pela Agência Espacial Europeia (AEE), no âmbito da Convenção das Nações Unidas para o Combate à Desertificação (UNCCD, na sigla em inglês).

“As conclusões iniciais são de que a prazo existe uma probabilidade de desertificação no sul interior e que relativamente ao passado existe informação de degradação da terra no interior norte e no norte de Moçambique”, disse Nuno Duro, em declarações à agência noticiosa moçambicana AIM.

O quadro da Critical Software apresentou mapas em que se aponta a província de Gaza (sul de Moçambique) e determinadas áreas da província de Tete como sendo os locais com maiores probabilidades de desertificação no futuro.

Ao organizar o seminário sobre as vantagens económicas das tecnologias de observação da terra, a Critical Software, uma empresa portuguesa que opera em Moçambique há já 10 anos, pretendia divulgar as vantagens daquelas tecnologias em diversos sectores de actividade em Moçambique. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH