Desempenho em Moçambique e Brasil fez crescer lucro do grupo Cimpor – Cimentos de Portugal

8 November 2011

Lisboa, Portugal, 9 Nov – O desempenho em Moçambique e no Brasil fez com que o lucro do grupo Cimpor – Cimentos de Portugal tenha crescido 6,1% nos primeiros nove meses do ano para atingir 180,8 milhões de euros, informou o grupo em comunicado terça-feira divulgado em Lisboa.

Apesar da melhoria do resultado consolidado de Janeiro a Setembro, a Cimpor apresentou, no período entre Junho e Setembro, uma queda de 32,3% no seu lucro, que foi de 48,6 milhões de euros, informou ainda o grupo em comunicado divulgado pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

A empresa explicou o desempenho no terceiro trimestre deste ano com “a contracção do mercado interno (português) em função da conjuntura económica e do Egipto, pela instabilidade político-social e aumento da concorrência”.

No entanto, sublinha, “o continuado bom desempenho do Brasil e o notável crescimento do EBITDA (sigla inglesa que significa lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de Moçambique – devido à melhoria do desempenho industrial que permitiu aproveitar uma procura forte – fazem com que a Cimpor continue a apresentar resultados muito positivos no acumulado do ano”.

De acordo com o relatório financeiro intercalar consolidado do terceiro trimestre, o grupo aumentou até Setembro o volume de negócios em 3,6% para 1741 milhões de euros.

No que respeita ao plano de investimentos no Brasil, através do qual a Cimpor aumentará em cerca de 50% a sua capacidade de produção de cimento com clínquer próprio no país, “foram já seleccionados os principais equipamentos produtivos para a nova fábrica de Caxitu e da nova linha da fábrica de Cezarina”, refere o grupo. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH